State Grid revisa cronograma da linha de Teles Pires

Maior parte da LT deve ser entregue até 30 de setembro

O cronograma revisado da State Grid para a linha de transmissão de Teles Pires prevê a entrega até 30 de julho da parte de Sinop e até 30 de setembro da subestação de Ribeirãozinho. Ainda existe um trecho restante da linha, mas, com a entrada em operação de Ribeirãozinho, já será possível escoar toda a energia da hidrelétrica, afirmou o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, em conversa com jornalistas nesta terça-feira,19 de maio.

A primeira máquina da hidrelétrica vai entrar em operação em 1º de agosto e o restante em 1º de outubro. “Isso significa que conseguimos recuperar boa parte do atraso, mas [existe] ainda algo como 90 dias de atraso no prazo que nós mesmos tinhamos estabelecido”, disse Braga.

O ministro recebeu nesta terça-feira, 19 de maio, o presidente do Conselho de Administração da State Grid Corporation of China, Liu Zhenya, em um dos encontros agendados com integrantes da comitiva chinesa que visitam o país. Ontem, a reunião foi com o CEO da China Three Gorges Corporation, Li Yinsheng. Segundo o ministro, há interesse dos chineses em participar do leilão do segundo circuito do linhão de Belo Monte, previsto para este ano. Eles também pretendem formar um consórcio para os projetos do rio Tapajós e estão interessados energia nuclear e em energia renovável.