Consumo de energia no 1º trimestre de 2015 cresce 5,78% no Piauí

Com relação ao consumo por classe, os maiores crescimentos foram rural, residencial e comercial

De acordo com a Fundação Cepro, através do boletim analítico Conjuntura Econômica realizado pela Instituição, o consumo de energia elétrica no decorrer do 1º trimestre de 2015 no Piauí foi de 744.432 MWh, crescimento de 5,78% em relação ao ano anterior. Com relação ao consumo por classe, os maiores crescimentos encontram-se nas seguintes classes: Rural (7,71%), Residencial (7,11%), Comercial (6,51%), Serviço Público (5,69%), Industrial (4,64%), Iluminação Pública (1,29%), Poder Público (-0,99%) e Consumo Próprio (-6,32%).

Para o economista Manoel Moedas, o resultado do boletim expõe a fraqueza do ramo industrial no Piauí, no entanto, ressalta o avanço do setor energético no restante do estado. "Apresentamos maior consumo em setores que não representam desenvolvimento econômico local e acabamos por demonstrar nossa fragilidade no segmento industrial. Contudo, o Piauí está próximo de alcançar a total universalização no setor elétrico, alcançando todas as residências, e isso também precisa ser levado em consideração", conclui.