Redução da receita da Cien pode ficar em 12,66% com revisão tarifária

Valor proposto para a receita ficará em audiência pública de 13 de maio a 3 de junho

A primeira revisão tarifária periódica da Companhia de Interconexão Energética pode resultar em redução na Receita Anual Permitida de 12,66% a partir de 1º de julho. O índice preliminar calculado pela Agência Nacional de Energia Elétrica sobre a receita de R$ 315,3 milhões ficará em audiência pública entre os dias 13 de maio e 3 de junho. A Cien é proprietária do Sistema de Transmissão Garabi 1 e 2,  no Rio Grande do Sul, usado no intercâmbio de energia entre o Brasil e a Argentina. A revisão da RAP considera a base de remuneração de ativos, os custos operacionais e as receitas da transmissora com outras atividades.

A base bruta da Cien é de R$ 2,3 bilhões e a líquida de R$ 1,1 bilhão. O valor definido no processo é provisório e terá de ser validado posteriormente, em laudo emitido por consultoria independente. O Custo Anual dos Ativos Elétricos, resultante da soma das parcelas de depreciação e rentabilidade, é de R$ 196,5 milhões. Para os custos operacionais foi definido o valor de R$ 46,8 bilhões, correspondente a 2% do ativo imobilizado em serviço. Não foi apurado nenhum faturamento no item Outras Receitas.