Siemens vai fornecer 80 reatores para LTs da Abengoa

Equipamentos serão usados em quatro linhas de transmissão arrematadas em leilão de 2013

A Siemens foi a empresa vencedora para fabricar e instalar 80 Reatores Shunt 500kV no projeto de linhas de transmissão da Abengoa Brasil, grupo especializado em engenharia e infraestrutura para o setor de energia. Esta estrutura contemplará até oito estados brasileiros, totalizando 3.287 km de linhas de transmissão. A entrega da tecnologia está prevista para o primeiro trimestre de 2016.

O contrato assinado consiste na instalação dos 80 reatores com potência desde 33MVAr até 100MVAr. Os equipamentos serão utilizados para absorver energia reativa das linhas de transmissão construídas, aumentando a eficiência do sistema. Os equipamentos vão suprir quatro lotes da concessão adquiridos em 2013 pela Abengoa. A primeira compreende uma linha de transmissão cobrindo 615 km nos Estados de Pernambuco, Piauí e Ceará. A segunda envolve a construção de uma linha de transmissão de 544 km nos Estados do Maranhão, Piauí e Ceará. A terceira consiste de várias LTs com um comprimento total de 1.761 km, localizadas nos Estados do Pará e Tocantins. Já a quarta é composta por uma LT de 500 kV de capacidade, cobrindo 367 km de extensão entre as subestações de Marimbondo II e Campinas, nos estados de Minas Gerais e São Paulo, respectivamente.

A Siemens ainda vai colaborar atuando como assessora técnica e vai fazer os serviços de montagem e supervisão, além do transporte dos Reatores até as obras. De acordo com Guilherme Mendonça, diretor da divisão de Energy Management da Siemens Brasil, é um importante contrato para a companhia, porque ela consolida a sua participação no setor não somente como fornecedora, mas também como consultora em outro grande projeto de transmissão de energia no Brasil, proporcionando ganhos de eficiência e otimização de custos.