Consumo de energia elétrica na área da Celesc cresceu 2,8% até junho

No acumulado do ano, demanda do mercado cativo da distribuidora recuou 7,7%, enquanto a do ACR cresceu mais de 30%

O consumo de energia elétrica na área de concessão da Celesc cresceu 2,8% no primeiro semestre de 2017, fechando em 12.266 GWh no acumulado do período. Já no segundo trimestre o consumo total somou 5.769 GWh, uma queda de 2% no total de energia distribuída (mercado cativo + livre). O número de unidades consumidoras atendidas pela empresa atingiu o total de 2.868.267 em junho de 2017, representando aumento de 2,3% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Quando se olha o desempenho dos dois ambientes de contratação na base semestral há uma queda de 7,7% no cativo e aumento de 32,8% no mercado livre. Já no trimestre esses índices seguem os mesmos sinais sendo de retração de 13,3% e aumento de 28,3%%, respectivamente.

No semestre, classe residencial apresentou crescimento de 1,8% na demanda mas nos três meses encerrados em junho houve queda de 8,1%. A classe de consumidores industriais cativos no alcançou queda de 32,1% e de 33,3% no trimestre. Os índices da classe comercial também ficaram no campo negativo, em 8,3% de janeiro a junho e de 12,9% no  trimestre.