Preserva.ME 2017 acontecerá no final de setembro

Evento reunirá especialistas das áreas de museologia e biblioteconomia para discutir memória e preservação de acervos

“Entre livros e objetos”. Esse é o tema do terceiro Encontro Nacional sobre Preservação de Memória no Setor de Energia Elétrica – Preserva.ME, que o Centro da Memória da Eletricidade no Brasil realizará, nos dias 27 e 28 de setembro, no Centro Cultural Light, no Centro do Rio de Janeiro. A edição deste ano chama atenção em especial para o papel das bibliotecas, além das novas possibilidades metodológicas para museus do setor, que passam, cada vez mais, a serem vistos como centros integrados de cultura.

Durante o encontro, a Memória da Eletricidade reconhecerá, pela primeira vez, as boas práticas empresariais de preservação histórica através do Prêmio de Preservação Mario Penna Bhering. As empresas distinguidas na primeira edição, escolhidas pela equipe do Centro de Referência da Memória da Eletricidade, serão Itaipu – pelos 30 anos do Ecomuseu – e o Grupo CEEE, pelos 40 anos de existência do Museu da Eletricidade. Ainda este ano, a Memória prestará homenagem a César Rabelo Cotrim e a Léo Amaral Penna pela doação de seus acervos à instituição.

O Preserva.ME 2017 receberá especialistas em preservação de memória e profissionais responsáveis pelo gerenciamento de acervos históricos de empresas do setor de energia elétrica. Segundo Leila Lobo, coordenadora do Centro de Referência da Memória da Eletricidade, e organizadora do evento, é uma grande oportunidade de motivar as empresas do setor elétrico a cuidarem melhor, e de forma contínua, de sua história. “Procuramos incentivar o desenvolvimento de atividades relacionadas à preservação de memória, recuperação e divulgação de acervos históricos”, explicou Leila, ressaltando que com a realização da terceira edição do Preserva.ME, a Memória da Eletricidade cumpre, mais uma vez, o seu papel de agente integrador entre o setor de energia elétrica e as instituições da área de preservação.