RGE Sul investe R$ 6,1 milhões em melhorias na rede elétrica de Santa Maria

Nova linha de transmissão usa postes de fibra resistentes à corrosão e fungos

A RGE Sul informou na última quarta-feira, 23 de agosto, que está construindo uma nova linha de transmissão denominada Santa Maria 3 – Formigueiro, cujos investimentos são da ordem R$ 6,1 milhões, e preveem a instalação de 122 postes de fibra.

A utilização de postes de fibra traz uma série de benefícios. Como se trata de um material de baixo impacto ambiental, que não deteriora, é resistente à corrosão e a fungos. Um poste de fibra pesa em média 130 Kg, enquanto que um de concreto pesa 990 Kg. Isso reduz a exigência de equipamentos de maior tração, diminuindo consumo de combustível e emissão de CO², tempo de obra e quantidade de profissionais envolvidos.

A nova linha de transmissão eleva os níveis de capacidade das Subestações de Santa Maria 1, Formigueiro, Caçapava do Sul e São Sepé garantindo mais viabilidade operativa ao sistema, conforme o crescimento da demanda na região. As melhorias beneficiam mais de 36 mil clientes dos municípios de Santa Maria, Formigueiro, São Sepé, Caçapava do Sul e Santana da Boa Vista.

“Estamos aumentando a oferta de energia em 60% para esses municípios. É uma grande folga no sistema de distribuição, criando as possibilidades para o desenvolvimento econômico e social, com perspectivas de geração de emprego e renda, num momento em que todo o País precisa desses investimentos”, afirmou o presidente da RGE Sul, José Carlos Tadiello.

Alinhado ao Plano Estratégico do Grupo CPFL, os investimentos da RGE Sul, até 2019, alcançarão a marca de R$ 1 bilhão. Somente nos últimos dois anos a companhia aplicou R$ 539 milhões em obras de manutenção e expansão da rede.