Cemig destina R$ 740 milhões a melhorias no sistema elétrico da região metropolitana de BH

Expansão, reforço e manutenção da rede elétrica beneficiam empresas e moradores dos 79 municípios que integram a região

A Cemig investiu mais de R$ 740 milhões na expansão, reforço e manutenção da rede elétrica que atende empresas e moradores dos 79 municípios que integram o território Metropolitano, em Minas Gerais. Os investimentos foram destinados, ainda, ao Programa de Eletrificação Rural, que atende moradores e produtores de áreas rurais, e ao Programa de Eficiência Energética, no qual equipamentos elétricos de alto consumo são substituídos e beneficiam famílias de baixa renda, hospitais e outras instituições.

O balanço dos aportes da companhia foi anunciado na última quinta-feira, 24 de agosto, pelo diretor de Gestão Empresarial da Cemig, José de Araújo Lins Neto, durante a reunião do Fórum Regional do Território Metropolitano, realizada em Betim (MG). O Fórum Regional é promovido pelo Governo de Minas Gerais e contou com a participação do secretário Extraordinário de Desenvolvimento Integrado e Fóruns Regionais, Wadson Ribeiro, que representou o governador Fernando Pimentel, e de outros secretários de Estado, deputados federais e estaduais, prefeitos, vereadores e lideranças regionais.

De acordo com o diretor, “nos últimos dois anos, a Cemig tem investido constantemente na região, com obras de ampliação e reforma, visando aumentar a confiabilidade do sistema elétrico e assegurar o atendimento ao mercado com qualidade. Esse investimento de mais de R$ 700 milhões mostra o comprometimento da Empresa com o território Metropolitano”, destacou José Lins. Durante o Fórum, técnicos da companhia atenderam a população e ministraram palestras abordando segurança com a rede elétrica e dicas de economia de energia. Além disso, foram distribuídas quatro mil lâmpadas eficientes às pessoas que participaram do evento.

 A implantação do Programa de Eficiência Energética no território Metropolitano contou com investimentos de R$ 9,4 milhões, que resultaram na execução de 57 projetos. Esses recursos beneficiaram, diretamente, 28 mil famílias de baixa renda que vivem em conjuntos habitacionais, seis hospitais que atendem o Sistema Único de Saúde e 11 Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI).

Já o Programa de Eletrificação Rural tem beneficiado 3.000 famílias com um investimento que supera os R$ 32,5 milhões. A previsão é de que pelo menos outras 1.500 famílias sejam atendidas e outros R$ 38 milhões sejam aplicados no programa até o final de 2018. A implantação da eletrificação rural permite a modernização da agricultura, contribui para o desenvolvimento local e melhora a qualidade de vida das pessoas. Os investimentos no território Metropolitano fazem parte dos programas realizados pela Cemig D, subsidiária integral da distribuidora, cujos valores são informados regularmente e acompanhados pela Aneel.