Fitch rebaixa rating de emissão da térmica da Bolognesi

UTE Pernambuco III tem 200,8 MW. Rebaixamento vem por falta de expectativa de pagamento de juros

A agência de classificação de risco Fitch Ratings rebaixou de ‘C (bra) ’ para ‘D (bra) ’ na última segunda-feira, 11 de setembro, os Ratings Nacionais de Longo Prazo de quatro séries da primeira emissão de debêntures da Termelétrica Pernambuco III S.A. (PE III), no montante total de R$ 300 milhões. A usina, de propriedade da Bolognesi, é uma térmica a óleo de 200,7 MW localizada na cidade de Igarassu e viabilizada no leilão A-5 de 2008.

De acordo com a Fitch, o rebaixamento dos ratings reflete o vencimento antecipado automático da operação, em função do não-pagamento integral de juros e principal em três das quatro séries em 1º de setembro de 2017, após encerrado o prazo de cura. A primeira série tem pagamento previsto para 15 de novembro de 2017, mas a Fitch entende que não há expectativa de pagamento desta obrigação, dada a indisponibilidade de recursos em caixa.