Liquidações de nucleares e de cotas de GF somam R$ 780 milhões em agosto

Taxas de adimplência registradas pela CCEE nas operações chegaram a 93,75% e 89,43%, respectivamente

As liquidações financeiras relativas ao mês de agosto da produção de energia nuclear e das cotas de garantia física e de potência movimentaram R$ 780,6 milhões na Câmara de Comercialização de Energia Elétrica, divulgou a instituição nesta quarta-feira, 20 de setembro. Foi registradas uma adimplência de 93,75% na liquidação de nuclear, somando a monta de R$ 254.803.994,99 dos R$ 271.783.416,73 contabilizados. A operação decorre do rateio da produção das usinas nucleares de Angra I e II por 47 distribuidoras.

No caso da liquidação de cotas, a operação somou R$ 525.846.067,51 dos R$ 587.971.605,93 contabilizados, o que representa adimplência de 89,43%. A liquidação de cotas é a operação na qual 46 distribuidoras de energia pagam para as geradoras envolvidas nesse regime uma receita de venda definida pelo governo – as hidrelétricas cuja concessão foi renovada ou expirada e que são alcançadas pela Lei 12.783/13. Os empreendimentos enquadrados no regime de cotas somam mais de 12 GW médios de garantia física