RGE Sul desenvolve dispositivo para auxiliar trabalho de eletricistas

Com tecnologia bluetooth, ferramenta de corte e religação à distância traz mais segurança e praticidade ao eletricista no combate à inadimplência

A RGE Sul desenvolveu um dispositivo que pretende tornar mais seguro e efetivo o trabalho dos eletricistas no combate à inadimplência. Utilizando-se da tecnologia bluetooth, os profissionais da companhia poderão realizar ações de corte e religação à distância, evitando a necessidade de ingressar dentro das instalações dos clientes para a execução destes serviços.

A iniciativa desenvolvida pela concessionária contou com recursos do programa de Pesquisa e Desenvolvimento da Aneel, e tem como proposta a instalação de um dispositivo bluetooth no ponto de conexão dos clientes com histórico de inadimplência com a rede elétrica. Com a ferramenta, a intenção da distribuidora é evitar expor os seus eletricistas a situações de risco quando, muitas vezes, o próprio cliente impede as equipes da companhia de ter acesso ao medidor.

No cenário atual, tem-se um total aproximado de 50% de rejeição nas visitas realizadas pela empresa para ações de corte. Nestes casos, o ciclo, que vai desde o vencimento da fatura até a etapa final de rescisão de contrato, leva cerca de 90 dias. Com a implantação do projeto de corte e religa à distância por bluetooth, esse tempo diminui para 35 dias. Além de apresentar grande redução do custo operacional, visto que não existe mais a necessidade de visitas frequentes das equipes.

Ao instalar o dispositivo no ponto de conexão do ramal do cliente com poste da distribuidora, o corte é executado de maneira remota. Sendo assim, a normalização do serviço se dá somente após quitação dos débitos, ficando o cliente impossibilitado de fazer a auto religação. Além de ajudar na recuperação de receitas para a empresa, a iniciativa também beneficia os demais consumidores da companhia, já que parte da inadimplência é repassada pela Aneel para as tarifas de energia.

 A inovação neste dispositivo está justamente por tratar-se de um equipamento que pode ser utilizado individualmente, diretamente no ramal do cliente, dispensando o desligamento de uma rede inteira de distribuição. Trata-se de um aparelho de baixo custo, com criptografia própria, e que conta com um sistema de comunicação desenvolvido pela área de Tecnologia da Informação (TI) da RGE Sul. O equipamento se conecta a um smartphone da empresa, e, mesmo estando aparente para outros dispositivos móveis, não permite interação.

Como em todos os demais processos operacionais da distribuidora, segurança é fator essencial também neste projeto. Entre os benefícios está o de assegurar a integridade física da equipe, do cliente e da comunidade em geral, já que não é necessária intervenção na rede elétrica. Além disso, qualquer confronto com o cliente passa a ser evitado.

Realizado em parceria com a empresa 5EC Engenharia Ltda, o projeto é coordenado pela Gerência de Serviços de Leitura e Entrega da RGE Sul, e encontra-se em desenvolvimento na região metropolitana de Porto Alegre, nas cidades de Canoas, Sapucaia do Sul e São Leopoldo. Até o momento já foram instalados 941 equipamentos que podem, inclusive, ser utilizados por qualquer equipe da empresa, pois todos os profissionais já trabalham com a versão móvel do sistema.

A fase final de implantação, prevista para o fim do ano, comporta o término das instalações de 1.848 peças na rede da concessionária, que ficarão expostas às condições reais de utilização, e aptas à avaliação de desempenho e viabilidade de inserção no sistema de distribuição de energia.