BTG Pactual incorpora comercializadora mirando redução de custos

Operação depende ainda de aprovação do Banco Central

O banco BTG Pactual aprovou em assembleia de acionistas, sem ressalvas, a incorporação da Thor Comercializadora de Energia e da BTG Pactual Serviços Energéticos, conforme fato relevante divulgado para o mercado na última sexta-feira, 27 de outubro. Segundo o comunicado, a eficácia das incorporações ainda depende da aprovação do Banco Central.

“O intuito da incorporação é simplificar ainda mais a atual estrutura organizacional do grupo BTG Pactual através da consolidação de certas atividades, com a consequente redução de custos financeiros e operacionais através também da redução e otimização das atividades desenvolvidas por suas subsidiárias ora incorporadas”, diz o banco em nota publicada no site da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

A Thor é uma sociedade cujo objeto é a comercialização de energia, enquanto a BTG Pactual Serviços Energéticos é uma sociedade que atua com a realização de serviços administrativos financeiros envolvendo a comercialização de energia.

Por se tratar de sociedades integralmente pertencentes ao grupo BTG Pactual, a incorporação e assunção, pelo BTG Pactual, de todos os direitos e obrigações da Thor e da Serviços Energéticos não acarretará impactos materiais ao BTG Pactual ou aos seus acionistas, diz o comunicado.