MME enquadra projetos da EDP Transmissão junto ao Reidi

Obras são relativas a lotes de linha de transmissão em quatro estados

O Ministério de Minas e Energia autorizou na última segunda-feira, 30 de outubro, o enquadramento ao Regime Especial de Incentivos ao Desenvolvimento da Infraestrutura de quatro projetos de transmissão de energia elétrica de titularidade da EDP Transmissão em quatro estados.

O primeiro projeto é da EDP Transmissão Aliança SC e corresponde ao Lote 21 do Leilão nº 05/2016 da Aneel. As obras acontecerão em Santa Catarina e o período de cumprimento é de agosto deste ano até o mesmo período de 2022, demandando investimentos na ordem de R$ 1,2 bilhão, sem a incidência de impostos.

Outra obra enquadrada pelo ministério é relativa as linhas de transmissão do Lote 11 do Leilão nº 05/2016 da Aneel, de titularidade da empresa EDP Transmissão MA II, com prazo de execução de agosto deste ano até o mesmo mês de 2021. O aporte requerido é de R$ 182,4 milhões e as obras irão perpassar municípios do Estado do Maranhão.

Também no Maranhão a EDP Transmissão MA I teve aprovado junto ao REIDI o projeto de transmissão de energia elétrica do Lote 7 do Leilão nº 05/2016 da Aneel. As obras tem prazo de cumprimento de agosto deste ano até o mesmo período de 2022, e irá demandar recursos na ordem de R$ 495,2 milhões, sem a incidência de impostos.

Já a EDP Transmissão SP-MG teve enquadrado pelo MME o projeto correspondente ao Lote 18 do Leilão nº 05/2016 da Aneel, que terá prazo de execução de agosto de 2017 até agosto de 2022, demandando investimentos de R$ 1,7 bilhão, sem a incidência de impostos. As obras perpassam municípios de São Paulo e Minas Gerais.