CEEE reforça sistema de energia e atendimento aos clientes no verão

Com investimentos de R$ 26 milhões no Litoral Norte gaúcho, ações da companhia preveem novas obras, manutenção preventiva, reforço de equipes e ampliação do horário de atendimento das agências

A CEEE fechará o ano com um aporte de recursos da ordem de R$ 26 milhões, que estão sendo destinados a melhorias na infraestrutura energética dos municípios do Litoral Norte do Rio Grande do Sul. Os valores também serão utilizados para ampliar a qualidade do fornecimento da energia elétrica à população da região, que aumenta de 10 a 12 vezes durante os meses de verão. A informação é do diretor de Distribuição do Grupo CEEE, Júlio Hofer, que destacou a finalização da nova linha de transmissão de 20 quilômetros que liga as subestações Atlântida 2 e Torres. “Esta obra de R$ 5 milhões proporciona uma condição de mais confiabilidade e segurança ao sistema elétrico, com benefícios diretos aos clientes”, afirmou.

Além deste empreendimento, a companhia concluiu, ainda este mês, quatro circuitos de linha que derivam da Subestação Atlântida 2 às demais linhas de transmissão da região, agregando maior qualidade ao atendimento, o que em situações de contingência traz agilidade na operação do sistema, com efetiva redução na área e no tempo das interrupções. Isso ocorre porque, em função dessa nova configuração do sistema, haverá trechos do litoral com possibilidade de dupla alimentação de energia.

No programa da empresa, ao longo de 2017, nos 23 municípios da região que integra o litoral Norte, foram realizadas diversas obras de expansão e melhorias das redes de distribuição, além de serviços de manutenção preventiva, projeto que, entre outras adequações, trocou 1,7 mil postes das redes. Em outra frente, a distribuidora telecomandou 95 religadores automáticos em pontos estratégicos do sistema elétrico da região. Esses equipamentos garantem mais agilidade ao trabalho em caso de alguma eventual interrupção no fornecimento, permitindo o restabelecimento a partir do Centro de Operação, dispensando, em muitos casos, o deslocamento de uma equipe a campo para a execução do serviço.

A Gerência Regional Litoral Norte, com sede em Osório, ainda informou que irá reforçar as equipes bem como a ampliação do horário de funcionamento de alguns locais de atendimento. Durante todo verão, a companhia aumenta também a quantidade de equipes e veículos (inclusive com a utilização de caminhões para serviços com linha viva, que é sem o desligamento da energia para a execução do trabalho). Nesse período haverá 55 equipes, sendo 10 pesadas, onde mais da metade, na virada de 31 dezembro de 2017 para 1º de janeiro de 2018, estará posicionada em pontos estratégicos da orla.

“Isso é importante para agilização do serviço, diminuição do tempo de deslocamento e priorização do atendimento, em caso de qualquer contingência pontual”, explicou Julio Hofer, acrescentando que ações semelhantes e que envolvem expansão, manutenção e adequação de equipamentos também são realizadas em outras áreas do Estado, em especial nas localidades das regiões Centro Sul, Sul e Litoral Sul do RS onde há praias e balneários.