Nível dos reservatórios no Nordeste sobe 0,1% e chega a 16,5%

Segundo o ONS, submercado Sul opera com 71,4% da capacidade de armazenamento

Os reservatórios do Nordeste apresentaram elevação de 0,1% nos níveis em relação ao dia anterior e se encontram com 16,5% da capacidade, segundo dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico relativos a última segunda-feira, 22 de janeiro. A energia armazenada ficou em 8.567 MW mês no dia e a energia afluente está em 36% da média de longo termo armazenável acumulada no mês. A hidrelétrica Sobradinho apresenta 12,17% da sua capacidade.

No Sul do país os níveis seguem com o crescimento dos últimos dias, com um acréscimo de 1,2% e o submercado se encontra com 71,4% da capacidade. A energia armazenada no dia ficou em 14.347 MW mês e a energia afluente está em 156% da MLT. A usina de G.B Munhoz opera com 74,85% da capacidade.

Na região Norte os níveis subiram 0,4%, deixando os reservatórios com 29% da capacidade. A energia armazenada chegou a 4.362 MW mês e a ENA ficou em 59% da MLT. A hidrelétrica Tucuruí se encontra com 45,19% da capacidade.

Já no submercado Sudeste/Centro-Oeste não houveram alterações nos níveis, e os reservatórios trabalham com 30,2% da capacidade. A energia armazenada está em 61.422 MW mês e a energia afluente em 93% da MLT. Furnas trabalha com 19,69% da capacidade e a usina Serra da Mesa, com 9,99%.

Outras informações sobre níveis de armazenamento, bem como a geração de gráficos comparativos, podem ser acessadas na Seção Reservatórios do Monitor, disponível para assinantes do CanalEnergia.