Bandeira verde contribui para IPCA-15 de 0,39% em janeiro

Queda de 3,97% em contas de luz fez com que grupo habitação fosse o único a recuar no período

A queda de 3,97% nas contas de luz resultou no recuo de 0,15 ponto percentual no grupo Habitação, o mais forte impacto para baixo no grupo. A volta da bandeira verde em substituição à vermelha patamar 1 foi a principal responsável pelo recuo no grupo. Com a queda de 0,41%, habitação foi o único grupo, com -0,06%, a se retrair no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15, que teve variação de 0,39% em janeiro e ficou acima da taxa de 0,35% de dezembro em 0,04 ponto percentual.

Este é o menor índice de janeiro desde 1994, quando foi criado o Plano Real. No acumulado dos últimos doze meses, o índice registrou 3,02%, acima dos 2,94% registrados no mesmo período anterior. Em Belém, houve queda de 7,54% nas contas. enquanto em Porto Alegre, houve alta de 5,43% devido ao reajuste de 29,6% nas contas. Para o cálculo do IPCA-15 os preços foram verificados de 14 de dezembro de 2017 a 15 de janeiro de 2018 e comparados com os vigentes de 14 de novembro a 13 de dezembro de 2017.