FDR projeta dobrar faturamento em 2018

Empresa precisa dobrar volume de contratos já estabelecidos no ano para alcançar a meta

A FDR Energia, que atua nos segmentos de geração e comercialização, estima dobrar o faturamento este ano. A empresa já afirma contar com R$ 350 milhões em contratos já fechados no ano passado para 2018, e a previsão é de elevar ainda mais esse volume por conta de novas negociações em decorrência da atratividade do mercado livre. A empresa projeta fechar mais R$ 350 milhões em acordos para este ano e encerrar com um total de R$ 700 milhões de faturamento.
O sócio diretor da empresa, Erick Azevedo afirmou que o verão tem apresentado um bom volume de chuva em regiões significativas em termos energéticos para o sistema elétrico nacional. E em sua avaliação se essa tendência continuar nos próximos meses, a perspectiva é de preços mais baixos este ano e, consequentemente, mais liquidez nos negócios de energia elétrica no mercado livre.
Apesar dessa estimativa Azevedo apontou que não há muitas expectativas em relação a um crescimento significativo do mercado livre de energia em 2018. Segundo ele a aposta é de uma retomada discreta da atividade econômica para este ano. Além disso é preciso   lidar com os altos preços da energia incentivada, pressionados pela escassez da disponibilidade de fontes limpas.
Segundo dados fornecido pela empresa, a FDR Energia iniciou suas atividades no ano passado e encerrou 2017 com faturamento de R$ 350 milhões. O volume de energia comercializada alcançou 200 MW médios por mês e conta também com projetos de centrais geradoras com 58 MW de capacidade e mais de 100 clientes supridos.