UTE Norte Fluminense consegue revisão de CVU

Aneel também revisou o CVU de outras quatro termelétricas

A Agência Nacional de Energia Elétrica atendeu o pedido da UTE Norte Fluminense e revisou o custo Variável Unitário relativos aos meses de janeiro e fevereiro de 2018. O Operador Nacional do Sistema Elétrico deverá aplicar os valores do CVU de janeiro de 2018 para os patamares 1, 2 e 3 e do valor do CVU de fevereiro de 2018 para o patamar 4 da UTE Norte Fluminense a partir da primeira revisão do Programa Mensal de Operação. A CCEE deverá usar os novos valores para contabilização da geração verificada no período, além de adotar o ajuste financeiro no valor de R$ 293,86 através de crédito para a UTE Norte Fluminense S.A. e como débito do Encargo de Serviços de Sistema no próximo processo de contabilização e liquidação financeira.

A Aneel também revisou o CVU de outras quatro termelétricas, que deverão ser aplicados pelo ONS e pela CCEE a partir da primeira revisão do Programa Mensal de Operação depois do despacho. O maior CVU revisado é o da UTE Fernando Gasparian, de R$ 548,04/ MWh. Em seguida vem o da UTE Jesus Soares Pereira, em 450,86/ MWh. O da UTE Celso Furtado vai ser de ficou em 374,87/ MWh, enquanto o da UTE Juiz de Fora foi fixado em R$ 283,74/ MWh.