Equatorial termina 2017 com lucro ajustado de R$ 766 milhões

Investimentos ficaram em R$ 1,51 bilhão no ano. No quarto trimestre, lucro ficou em R$ 288 milhões

A Equatorial Energia terminou o ano de 2017 com lucro líquido ajustado de R$ 766 milhões, uma queda de 0,6% na comparação com 2016, que ficou em R$ 762 milhões. A receita operacional no ano somou R$ 9,07 bilhões, variando positivamente em 15,9%. O resultado Ebitda (antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado teve um aumento de 6,8%, chegando a R$ 1,71 bilhão. Os investimentos de R$ 1,51 bilhão em 2017 da Equatorial mostram um aumento de 6,1% na comparação com o que foi aplicado em 2016.

No quarto trimestre, o lucro ajustado ficou em R$ 288 milhões, valor 26,7% maior que o aferido no mesmo período do ano passado. A receita operacional da Equatorial nesse período chegou a R$ 2,72 bilhões, subindo 16,6% na comparação com 2016. Já o Ebitda da empresa ajustado no período chegou a R$ 520 milhões, 4,3% acima do reportado no mesmo período de 2016. A Equatorial investiu R$ 494 milhões nos últimos três meses de 2017, valor 15% superior quando comparado a 2016.

De acordo com o release de resultados da empresa, o volume total de energia distribuída atingiu 4.065 GWh, com o mercado da Cemar (MA) crescendo 5,7% e o da Celpa, 1% no quarto trimestre. O DEC e o FEC da Cemar terminaram o quarto trimestre em 13,3 horas e 7,1 vezes, respectivamente, enquanto os da Celpa ficou em 27,4 horas e 17,8 vezes. A Cemar teve no último trimestre do ano perdas de 17,2% da energia injetada e a Cemar, de 27,5%.