Vianna anuncia que deixará Itaipu

Executivo que completa um ano à frente da usina nesta sexta, 23 de março, ficará no cargo até 5 de abril e passará à iniciativa privada

O diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, Luiz Fernando Leone Vianna, anunciou, na manhã desta quarta-feira 21 de março, durante reunião de diretoria da empresa, em Brasília (DF), que deixará o cargo no próximo dia 5 de abril. Ele completa um ano à frente da Diretoria Brasileira da empresa que é dividida com o Paraguai. Segundo nota oficial, ele alegou motivos pessoais para o pedido de demissão e informou que irá trabalhar na iniciativa privada.
Em um balanço de sua gestão, o executivo apontou como principais realizações o encaminhamento dos editais da licitação internacional para atualização tecnológica das unidades geradoras da usina, o início do programa de compliance da empresa e a ampliação da atuação de responsabilidade socioambiental corporativa, antes restrita aos 29 municípios da Bacia do Paraná 3, para 54 cidades paranaenses. Outro destaque foi a manutenção do alto desempenho da binacional na geração de energia. A usina fechou 2017 com 96,3 milhões de Megawatts-hora (MWh) gerados no ano, quarta melhor produção anual e iniciou 2018 com os dois melhores meses em geração de energia. De acordo com a nota a usina segue com boas chances de alcançar o melhor trimestre histórico.
Internamente, Vianna se dedicou profundamente ao aprimoramento do sistema de gestão de pessoas. Ex-presidente da Copel, também trouxe experiências da estatal paranaense, como o como o “Bate-papo com Vianna” – uma ação inédita de aproximação entre a diretoria e o corpo funcional.