União venderá ações que possui da Eletropaulo

Decreto que autoriza a inclusão desses ativos no PND foi publicado no Diário Oficial da União

O governo federal incluiu no Plano Nacional de Desestatização (PND) as ações que detém na Eletropaulo e que foram alvo de oferta da Enel no início deste mês. A inclusão veio por meio do decreto no. 9416, de 20 de junho de 2018, assinado pelo presidente da República, Michel Temer, na edição desta quinta-feira, 21 de junho, do Diário Oficial da União.
A União detém 13.342.642 de ações da concessionária paulistana, que ao preço de R$ 45,22 da oferta da Enel levaria a venda a um valor de R$ 603,4 milhões. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social foi designado como responsável pela execução e acompanhamento dos atos necessários à alienação dessas ações.