S&P eleva rating da Neoenergia para o mais alto patamar de crédito

Rating brAAA (estável) representa alta capacidade geral de uma companhia para honrar suas obrigações financeiras

A agência de classificação de riscos Standard & Poor’s elevou de brAA- (estável) para brAAA (estável) o rating da Neoenergia, o que representa a mais alta capacidade geral de uma companhia para honrar suas obrigações financeiras. O comunicado ao mercado foi feito pela agência nesta semana. A S&P revisou os ratings de entidades corporativas e de infraestrutura brasileiras após atualizar sua metodologia de avaliação de crédito nas escalas nacional e regionais.

De acordo com o comunicado da agência, “a calibragem das escalas nacionais tem como princípio fornecer distinções mais refinadas sobre a qualidade de crédito do emissor e de emissão do que seria possível com a escala global de ratings”. E complementa: “Isso se explica pelo fato de que, em alguns países, o risco soberano e o risco-país podem restringir a qualidade de crédito na escala global a um número limitado de ratings na escala global, enquanto a escala nacional nos permite expressar nossa visão utilizando todas as categorias de ratings”.

Além da Neoenergia, as distribuidoras Coelba, Celpe, Cosern e Elektro Redes, controladas do grupo, também tiveram seus ratings elevados para brAAA. Outras duas empresas do Grupo Neoenergia, a Termopernambuco e a NC Energia, tiveram seus ratings de emissão elevados (Escala Nacional Brasil) de brA+ para brAA+.