MME aprova UTE GNA Porto Açu III como produtor independente

Obras na usina vão até 2023 e irão demandar um aporte de recursos de mais de R$ 4 bilhões

O Ministério de Minas e Energia confirmou a operação como produtor independente de energia do projeto da usina de geração termelétrica GNA Porto Açu III, localizada em São João da Barra (RJ). A portaria, publicada no Diário Oficial desta terça-feira, 31 de julho, foi assinada pelo ministro Moreira Franco em cerimônia realizada no Rio de Janeiro na última segunda-feira, 30. A UTE, que também foi aprovada pelo MME como projeto prioritário e enquadrada junto ao Reidi, é de posse da UTE GNA II Geração de Energia. O empreendimento terá capacidade de 1,6 GW e o período para execução das obras começa em janeiro de 2020 e irá até o mesmo período de 2023, demandando investimentos de cerca de R$ 4,1 bilhão, sem contar a incidência de impostos.