Tarifas da EDP SP terão aumento de 16,12%

Indices resultantes do reajuste tarifário anual serão aplicados a partir de 23 de outubro

A EDP São Paulo foi autorizada a aplicar aumento tarifário médio de 16,12% a partir de 23 de outubro. O efeito médio do reajuste anual da distribuidora será de 17,84% para os consumidores conectados em alta tensão e de 15,13% para os atendidos em baixa tensão. Para os consumidores residenciais, o impacto será de 15,09%.

Os itens que mais impactaram o reajuste da companhia foram os custos de aquisição de energia e os encargos setoriais. A distribuidora atende 1,9 milhão de unidades consumidoras em 28 cidades do interior de São Paulo.