Tarifas da CEEE-D terão aumento médio de 7,35%

Novas tarifas serão aplicadas a partir de 22 de novembro

A Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica terá aumento médio de tarifas de 7,35% a partir de 22 de novembro. O efeito médio do reajuste aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica será de 5,24%  para os consumidores atendidos em alta tensão e de 8,32% para os conectados em baixa tensão. Em 2017, as tarifas da CEEE-D foram reajustadas em média em 30,62%.

Contribuíram para o resultado do processo tarifário desse ano, o aumento das despesas com encargos setoriais, que representaram 3,69% do índice, e a compra de energia, que teve participação de 5,63%. Os contratos de energia foram impactados pelo aumento do custo da energia de Itaipu, em razão da variação do dólar; pela nova tarifa dos contratos de cotas das hidrelétricas e pelo custo dos contratos de energia por disponibilidade. A CEEE-D atende 1,7 milhão de unidades consumidoras localizadas no Rio Grande do Sul.