Brookfield Energia Renovável mira em eólica e solar para crescer em 2019

Foco no ambiental e social se torna ativo importante da companhia para atração de clientes do varejo e da indústria preocupados com a sustentabilidade de seus negócios

A Brookfield Energia Renovável chega ao fim de 2018 com sensação de dever cumprido. A empresa, parte de um grupo que está há mais de cem anos no Brasil, acrescentou só no ano corrente 350 MW de capacidade instalada e ainda tem uma hidrelétrica prestes a entrar em operação. Sem desacelerar, a empresa mira agora o ano de 2019, com boas perspectivas e foco nas fontes solar e eólica para manter o ritmo de crescimento.

O presidente da companhia, Carlos Gros, afirma que o foco continua na geração limpa e renovável. “Estamos sempre em busca de novas oportunidades e o investimento em energia solar tem se mostrado uma tendência. Hoje, pela nossa operação brasileira, já gerimos uma planta solar no Uruguai e a expectativa é que no futuro próximo a gente possa incorporar essa tecnologia ao nosso portfólio também no Brasil”, afirmou o executivo. O grupo no mundo já opera um portfólio de 1.400 MW da fonte.

O executivo afirmou que o Brasil tem papel-chave para os negócios da Brookfield no mundo, não só pela história, como também pela crescente demanda de energia e infraestrutura, que são os focos do grupo. “O Brasil é um pais grande, jovem e com grande potencial de crescimento, e isso faz com que ele seja um ótimo país para investir. É lógico que existem desafios, mas isso faz parte do negócio. A energia eólica por exemplo, que é um dos nossos focos de crescimento para 2019, está em expansão em todo Brasil”, observou.

Em relação ao futuro do Brasil, a empresa se mostra positiva quanto a melhoria da economia. “Nas questões regulatórias, temos uma agenda extensa que esperamos discutir com o governo empossado”, afirmou.

Carlos Gros, presidente da Brookfield Energia Renovável

A Brookfield tem forte atuação no mercado livre de energia brasileiro e, com isso, vê o crescimento da preocupação com a sustentabilidade pelas empresas que buscam soluções de energia. Isso tem beneficiado os negócios da Brookfield focados em fontes de energia limpa e sustentáveis. Gros disse que as empresas estão cada vez mais conscientes de que é preciso crescer de forma sustentável, e a energia renovável traz um impacto positivo para os negócios e reduz o impacto ambiental. Além de reduzir as emissões de gases do efeito estufa, as empresas podem mostrar ao consumidor final que o tema tem importância na cadeia de valor.

“Temos recebido cada vez mais pedidos de grandes empresas para emitir certificados de energia renovável, para visitar nossas instalações e ver que operamos com total segurança e respeito ao meio ambiente e às comunidades, e que temos a geração de energia limpa e renovável como prioridade”, contou o executivo. Esse foco no ambiental e social tem trazido retornos positivos para a Brookfield na captação de novos clientes.

Gros contou ainda que, em 2018, a companhia conseguiu atrair algumas das maiores empresas brasileiras, tanto na área de varejo quanto da indústria, todas com a mesma preocupação com a sustentabilidade e com a eficiência. “Também consolidamos nossa parceria com os atuais clientes, renovando diversos contratos. Nos orgulhamos de dizer que a grande maioria dos nossos clientes já estão no segundo, terceiro e até quarto ciclo de contratação conosco”, continuou.

Ele lembrou ainda que a empresa continua a desenvolver diversos trabalhos socioambientais junto às comunidades no entorno dos ativos. A Brookfield também tem investido na melhora contínua do ambiente de trabalho. “Trouxemos a diversidade para o centro de nossas discussões, e estamos nos dedicando para termos um ambiente de trabalho cada vez mais seguro, inclusivo e diverso”, adiantou.

(Nota da Redação: Conteúdo patrocinado produzido pela equipe da Agência CanalEnergia)