Aneel estabelece cotas de garantia física de distribuidoras para 2021

Agência também aprovou a revisão das cotas de 2018 a 2021

A Agência Nacional de Energia Elétrica estabeleceu as cotas de garantia física de usinas hidrelétricas para as  concessionárias de distribuição no ano de 2021. Também foram alteradas as cotas de 2018, 2019 e 2020, homologadas no ano passado por meio da Resolução 2.318.

A revisão das cotas definidas em 2017 foi necessária em razão da mudança na contratação de energia pelas distribuidoras Companhia Campolarguense de Energia (Cocel), Departamento Municipal de Energia de Ijuí (Demei) e Centrais Elétricas de Carazinho S.A. (Eletrocar), que deixarão de ser integralmente supridas em 2019 pela Copel Distribuição e Rio Grande Energia.

Ela também considera em 2019 o agrupamento de cinco concessões da CPFL no interior de São Paulo em uma só distribuidora,  além da  exclusão da garantia física da usina hidrelétrica Rio dos Patos para os anos de 2019 e 2020. O empreendimento teve sua concessão extinta este ano.