Aneel suspende penalidades e autoriza Cepisa a contratar energia no MCSD

Empresa terá que pagar débitos em atraso no mercado de curto prazo relativos ao período em que era operada como designada pela Eletrobras

A Agência Nacional de Energia Elétrica suspendeu a aplicação de penalidades à Companhia Energética do Piauí  por  inadimplência na Câmara de Comercialização de Energia Elétrica. A distribuidora foi  autorizada a participar de mecanismos de contratação de energia, o que inclui o Mecanismo de Compensação de Sobras e Déficits de Energia Nova que será processado agora em dezembro, desde que os débitos em atraso do período em que a empresa era operada em caráter precário pela Eletrobras sejam pagos.

A decisão da Aneel foi aprovada nesta terça-feira, 11 de dezembro, em reunião extraordinária da diretoria do órgão. Ela vai permitir que a empresa adeque os níveis de contratação de energia.

A Cepisa foi arrematada pela Equatorial Energia em leilão realizado no dia 26 de julho desse ano. No certame, a empresa assumiu a obrigação de fazer um aporte de capital de R$ 721 milhões, além de apresentar oferta de redução da tarifa  da distribuidora em 8,52%.