Cemig assina parceria para desenvolver GD no Mercado Central de BH

Cemig GD vai inaugurar em 2019 usina de 5 MW para atender lojistas do mercado

A Cemig e o Mercado Central de Belo Horizonte assinaram, na última quarta-feira, 19 de dezembro, um memorando de entendimento com o objetivo de estabelecer cooperação comercial para o desenvolvimento de geração distribuída, buscando a redução de custos dos lojistas. O evento, realizado na Cozinha Escola Mineiraria, no estacionamento do centro comercial, teve a presença dos presidentes da Cemig, Bernardo Alvarenga, do Mercado Central, Geraldo Campos, e da Cemig GD, Tarcísio Andrade Neves, e do diretor de Relações Institucionais e Comunicação da Cemig, Thiago de Azevedo Camargo.

A Cemig Geração Distribuída vai inaugurar, em fevereiro de 2019, uma usina fotovoltaica de geração distribuída com capacidade de 5 MW em Janaúba, no Norte de Minas, proporcionando benefícios ambientais e contribuindo com a redução dos custos de energia do Mercado Central. Essa usina também poderá ser utilizada por outros clientes mineiros atendidos em baixa tensão, como comércios e pequenas indústrias.

De acordo com o presidente do Mercado Central, Geraldo Campos, a ideia inicial era instalar painéis fotovoltaicos no telhado do centro comercial, que tem 18.000 m² de área. No entanto, seria necessário reforçar a estrutura da edificação para suportar o peso das placas, o que oneraria o projeto em termos de custos. Bernardo Alvarenga, presidente da Cemig, conta que a distribuidora tem 8 milhões de clientes que podem ser beneficiados por essa nova formatação de geração de energia. Segundo ele, não vai ser possível atender todos de uma vez, sendo necessária a construção de usinas.