Consumo de energia nas distribuidoras da Energisa sobe 4,3% em novembro

Mercado cativo teve crescimento de 3,3% e mercado livre subiu 9,8%

O volume consumido de energia no mercado consolidado cativo e livre das 11 distribuidoras do Grupo Energisa em novembro ficou em 3.033,8 GWh, avançando 4,3% em relação ao mesmo mês do ano anterior. O consumo no mercado cativo cresceu 3,3% e no mercado livre 9,8%. Na Energisa Mato Grosso, o consumo avançou 7,5% (ou 54,1 GWh), impulsionado pelos setores alimentício e minerais não metálicos. Na área da Energisa Mato Grosso do Sul, o consumo cresceu 2,8%, também favorecido pelo segmento de alimentos e madeira. No Tocantins, as vendas de energia aumentaram 3%, puxadas pelas indústrias de minerais não metálicos e produtos químicos.

Nas áreas de concessão das distribuidoras recém-adquiridas, Ceron (RO)  e Eletroacre (AC), destaque para o aumento de 9,7% ou 8,4 GWh do consumo no Acre, com forte contribuição da classe residencial, que avançou 11,3%. Na concessão da Ceron, o consumo subiu 0,9% no mês.

O consumo de 31.755,2 GWh no mercado cativo e livre  do Grupo Energisa apresentou, nos primeiros onze meses de 2018, aumento de 3% em relação ao mesmo período do ano anterior, considerando o mercado de energia da Ceron e Eletroacre. Considerando o fornecimento não faturado, o volume se situa em 31.725,4 GWh, o que significa aumento de 3,1% na mesma base de comparação. O mercado livre apresentou crescimento de 11,5% no consumo. Já o consumo no mercado cativo, de 25.657,9 GWh avançou 1,5% nos primeiros onze meses de 2018.

Todas as concessões das distribuidoras do Grupo Energisa apresentaram crescimento no consumo de energia no referido período, exceto a Energisa Nova Friburgo, cujo consumo ficou praticamente no mesmo patamar do ano anterior.