Nova espécie de macaco é descoberta na região de Teles Pires

Zogue-Zoque foi descoberto pelo programa de monitoramento de primatas da hidrelétrica (UHE) Teles Pires, controlada pelo Grupo Neoenergia

Uma nova espécie de primata, batizada de Plecturocebus grovesi (zogue-zogue) foi descoberta através dos resultados do Programa de Monitoramento de Primatas da Usina Hidrelétrica (UHE) Teles Pires, controlada pelo Grupo Neoenergia.

Diariamente são feitas atividades de campo para aprofundar as pesquisas de novas espécies. A atividade do referido programa que descobriu o zogue-zogue foi coordenada pelo pesquisador Fabiano Rodrigues de Melo, da Universidade Federal de Goiás, que levou à descrição da nova espécie de primata, batizada de Plecturocebus grovesi em homenagem ao professor britânico Colin Groves, uma das maiores autoridades mundiais em taxonomia de primatas, falecido em 2017.

Entre os participantes do programa ambiental da UHE Teles Pires estão diversos profissionais em Ciências Biológicas que ajudaram a desenvolver os trabalhos de campo, como os biólogos Raony de M. Alencar e Diego Afonso Silva, que atuaram nas atividades ao longo do monitoramento. A descoberta da nova espécie de primata representa a importância desses estudos para a região de Teles Pires, enriquecendo o conhecimento sobre a fauna amazônica.

As informações coletadas na descoberta do primata conhecido popularmente como zogue-zogue trazem certa preocupação para os biólogos, uma vez que a espécie é categorizada como Criticamente Ameaçada na IUCN (União Internacional para a Conservação da Natureza). De acordo com pesquisadores, serão necessárias medidas de proteção para resguardar o futuro do primata que, recém-encontrado, já está perigosamente ameaçado.

A descrição da nova espécie envolveu pesquisadores de diversas instituições, tanto nacionais, como os da Universidade Federal do Amazonas, Universidade Federal de Viçosa, Universidade Federal de Goiás, Universidade Federal do Mato Grosso, Universidade do Estado do Mato Grosso, Universidade Federal do Pará e Instituto de Desenvolvimento Sustentável, quanto estrangeiras, dentre elas a Universidade de Salford, UCLA Institute for Society and Genetics, Global Wildlife Conservation e Stony Brook University.

A UHE Teles Pires desenvolve o Programa de Monitoramento de Primatas desde 2012.