LT alvo de ataques no Ceará volta a funcionar

Linha da STN foi religada às 18h19min da última terça-feira (15). ONS também registrou queda de uma torre e desligamento automático de LT na Bahia

A Linha de Transmissão Pecém II/Fortaleza II, desligada desde o último sábado, 12 de janeiro, após os atos de vandalismo do crime organizado que derrubaram uma torre à 3 km da subestação Fortaleza II, que atende a capital cearense, foi religada às 18:19 horas da última terça-feira, 15 de janeiro. O empreendimento é controlado pela STN – Sociedade entre a Alupar e a Chesf.

Em contrapartida, a queda de uma torre na Bahia provocou o corte automático da Linha de Transmissão de 500 kV Barreiras II/Rio das Éguas, de titularidade da Parnaíba Transmissora e que perpassa em 244 km os municípios de Barreiras, São Desidério e Correntina. A ocorrência foi registrada pelo ONS na última segunda-feira, 14 de janeiro, precisamente às 21:18 horas. Segundo o Operador, a linha ainda não tem previsão para voltar a funcionar.