Eneva conclui hedge cambial para térmica Parnaíba V

Impacto adicional da operação foi de R$ 13 milhões, equivalente a 1% do investimento total estimado para construção da usina no estado do Maranhão

A Eneva concluiu a estruturação de hedge cambial para o investimento previsto em moeda estrangeira na construção da termelétrica Parnaíba V, equivalente a US$ 120 milhões (com previsão de desembolso de cerca de 40% em 2019 e 60% em 2020).  Segundo a Eneva, a taxa de câmbio média obtida foi de R$ 3,8523 (3,76 BRL/USD em 2019 e 3,91 BRL/USD em 2020).

“Considerando a taxa anteriormente utilizada na modelagem econômico-financeira do leilão de energia nova A-6, realizado em agosto de 2018, o impacto incremental do hedge cambial foi de R$ 13 milhões, equivalente a 1% do investimento total estimado.” A informação consta em comunicado divulgado na última segunda-feira, 21 de janeiro.

A Eneva vendeu a produção da UTE Parnaíba V, localizada no estado do Maranhão, no leilão A-6 do ano passado, cuja entrega da energia está prevista para janeiro de 2024. Foram comercializados 326,6 MW médios.  Quando concluído, o empreendimento renderá uma receita anual de R$ 272,3 milhões, pelo prazo de 25 anos. O investimento previsto é de R$ 1,2 bilhão, com início das obras no segundo semestre deste ano.