Novo modelo de fiscalização da Aneel reduziu mais da metade dos desligamentos em LTs

Agência prioriza uso de tecnologia de ponta para prevenção através de monitoramento, análise, acompanhamento e ação fiscalizadora

Implantado há quatro anos, o novo modelo de fiscalização da Aneel reduziu em 52% a quantidade de cortes mensais no fornecimento de energia causados por desligamentos de linhas de transmissão, no período entre novembro de 2015 e setembro de 2018.

Em 2015 foram 30,9 desligamentos (média móvel) de linhas de transmissão que afetaram consumidores, enquanto em setembro do ano passado a média móvel desses incidentes ficou em cerca de 14,8 ocorrências.

Os dados foram apresentados pela Superintendência de Fiscalização dos Serviços de Eletricidade (SFE) da Aneel na última quarta-feira, 13 de fevereiro, durante o 2º Seminário Gestão Geoespacializada da Transmissão (GGT).

Usando tecnologia de ponta, como georreferenciamento, data analytics, comunicação e integração ente empresas e sociedade, e por meio de campanhas de comunicação, com foco na prevenção, a nova estratégia de atuação do órgão regulador tem como objetivos modernizar os processos e realizar um acompanhamento contínuo e preventivo.

O antigo modelo de fiscalização tinha como base a realização de diligências, notificação e cobrança de multas que demoram para ser concluídos, e, principalmente, apresentava pouca ou limitada efetividade. A atual diretriz prioriza a prevenção e se divide em quatro etapas: Monitoramento, análise, acompanhamento e ação fiscalizadora.

Em números totais de desligamentos de linhas de transmissão, com ou sem corte de carga para os consumidores, houve uma redução de 8% nas ocorrências anuais, passando de 310, na média, em 2016, para 284 no ano passado.

Além da fiscalização, a Agência realiza, durante a época da seca em que os incêndios florestais são mais comuns, uma campanha pública de conscientização mostrando a importância da redução de queimadas à sociedade. Esses eventos são, inclusive, um dos fatores de risco para as redes de transmissão. A próxima campanha acontecerá em maio.