Enel GO entrega a Aneel plano emergencial para melhora da qualidade

Distribuidora vai antecipar metas e acelerar investimentos

A Agência Nacional de Energia Elétrica recebeu na última segunda-feira, 25 de fevereiro, da Enel Distribuição Goiás o Plano Emergencial de Melhoria da Qualidade da empresa, com previsão de ações e investimentos no curto prazo para sanar problemas na qualidade do fornecimento de energia e no atendimento comercial à população. A apresentação do plano foi determinada pela Aneel no último dia 15 de fevereiro, após reunião com os executivos do grupo e em em resposta à análise de desempenho da distribuidora no Plano de Resultados da agência.

O plano se divide em seis pilares com ações para início imediato. Consta do plano, por exemplo, a antecipação, de 2023 para dezembro de 2020, da construção de 13 novas subestações, além da ampliação de outras 18. Está prevista também a expansão, em 84 quilômetros, da malha de linhas de alta tensão e a instalação de 1.247 quilômetros de novas redes de média tensão.

Dentre os seis pilares, estão a ampliação em 50%, até abril de 2019 do número de equipes de campo para operação e manutenção da rede na região Sul de Goiás; a aceleração de investimentos na qualidade, com aumento em 50% da instalação de equipamentos de automação; a priorização de investimentos para atendimento à carga, com o acréscimo de 400 MVA até 2020 e 140 MVA em 2019, sendo 40% na região Sul; o desenvolvimento de fornecedores locais; o reforço na estrutura de relacionamento com os clientes e de uma estrutura itinerante para situações críticas e campanhas de comunicação e esclarecimento à sociedade.

Para reforçar o atendimento à população, a  Enel está se comprometendo a aumentar em 60% a capacidade de sua Central de Atendimento até março deste ano, além de criar um canal exclusivo para parte da população rural, de onde vem a maior das reclamações sobre o serviço. A distribuidora informou que mobilizará de imediato lojas itinerantes para atendimento à população em regiões com nível de qualidade mais crítico.