EDP investe R$ 13 milhões em nova subestação de energia em São Paulo

Empreendimento tem capacidade de 66 MVA, distribuídos em seis alimentadores de média tensão e também dois transformadores de 33 MVA de potência e seis circuitos de 13,8kV

A EDP, distribuidora de energia elétrica do Alto Tietê, Vale do Paraíba e Litoral Norte de São Paulo, inaugurou oficialmente a Estação de Transformação de Distribuição de Energia (ETD) Mantiqueira, em Taubaté. Com investimento de R$ 13 milhões, a subestação beneficiará toda a população da cidade com melhoria na qualidade do fornecimento de eletricidade e ampliará a capacidade do sistema energético para acompanhar o desenvolvimento econômico da região.

“A Estação Mantiqueira foi planejada para beneficiar diretamente uma região com grande potencial de expansão industrial. Isso auxiliará o desenvolvimento econômico e social de Taubaté, com possibilidade de atrair novos empreendimentos e, consequentemente, gerar mais empregos à população”, ressalta Marney Antunes, diretor geral da EDP.

A ETD Mantiqueira (138/13,8 kV) tem capacidade de 66 MVA, distribuídos em seis alimentadores de média tensão e também dois transformadores de 33 MVA de potência e seis circuitos de 13,8kV. A unidade conta com um sistema tecnológico de acústica que impede a propagação do som para o meio externo, reforçando a preocupação da empresa com a comunidade e meio ambiente local.

Todas as operações da Estação serão telecomandadas remotamente via Centro de Operação Integrado (COI), localizado na sede da EDP, em Mogi das Cruzes. Totalmente digitalizada, a unidade possui um sistema integrado de supervisão, comando, controle e proteção. Além disso, esta estação conta com moderno sistema de vídeo-monitoramento para segurança, que também permite aos operadores do COI visualizarem, de forma remota, as operações e serviços realizados nos equipamentos de alta tensão.

Para conectar a ETD ao sistema da distribuidora, foram construídos 9,5 km de rede aérea na região. A rede implantada possui tecnologia de última geração que propicia maior proteção, minimizando o impacto de agentes externos, como a vegetação, um dos principais ofensores da qualidade do fornecimento de energia em dias de fortes ventos e chuvas.

Atualmente, a EDP São Paulo atende 1,9 milhão de clientes, cerca de 4,5 milhões de pessoas, e tem em sua área de concessão 63 subestações.