EDP inaugura subestação 100% digitalizada no interior do ES

Obra de R$ 19,3 milhões beneficiará mais de 120 mil habitantes dos municípios de Santa Maria, Santa Teresa, Santa Leopoldina, Itarana e Domingos Martins

A EDP inaugurou oficialmente a subestação Santa Maria, em Santa Maria de Jetibá. Com investimento de R$ 19,3 milhões, a SE expandirá em três vezes a capacidade atual do sistema energético do município e das cidades de Santa Teresa, Santa Leopoldina, Itarana e Domingos Martins, acompanhando o desenvolvimento econômico regional, além de beneficiar mais de 120 mil habitantes com melhoria na qualidade do fornecimento de energia elétrica.

A unidade, que tem 12 mil m² de área é 100% digitalizada e conta moderno sistema de automação e supervisão, além de ter toda sua iluminação por lâmpadas LED, garantindo maior eficiência e reforçando a preocupação da distribuidora com a comunidade e meio ambiente. Para a obra de ampliação e modernização foi executada a elevação de tensão de 69 kV para 138 kV, que permitiu expandir a capacidade em 58 MVA, passando de 25 MVA para 83 MVA. A estação agora é composta de dois transformadores de força, 138/13,2 kV de 41,3 MVA de capacidade instalada cada,  e cinco alimentadores de 13,2 kV.

Para o diretor da EDP, João Brito Martins, o aporte empregado está em conformidade com o plano de investimentos da companhia, que visa assegurar a satisfação dos usuários. “Com essa obra, a infraestrutura de distribuição de energia estará preparada para novos investimentos, além de reforçar a confiabilidade dentro de elevadas condições técnicas e de segurança, melhorando a qualidade no fornecimento de energia”, destacou.

Para conectar a SE Santa Maria ao sistema da concessionária, foram construídos 8 km de uma nova linha de distribuição em substituição a existente que operava. O investimento contou com utilização de tecnologias de ponta no processo de construção, como os Veiculos Aéreos Não Tripulados – VANT’s necessários para reduzir a necessidade de intervenções de supressão na vegetação no processo de lançamento de condutores.   Além de minimizar o impacto ambiental, a tecnologia propicia maior proteção, minimizando o impacto de agentes externos, como a vegetação, um dos principais causadores de ocorrências em dias de fortes ventos e tempestades.

Todas as subestações da empresa são monitoradas remotamente a partir do Centro de Operação do Sistema (COS), localizado em Carapina, na Serra. É a partir do COS, operando 24 horas, que é feita a comunicação direta com as equipes de campo, conferindo eficácia no atendimento aos mais de 1,5 milhões de clientes. Dessa central, também, é possível monitorar em tempo real a rede elétrica que abastece toda a área de concessão da distribuidora, e ainda, prover suporte de análise metrológica.

 Caravana ‘Energia em Ação’

Além da inauguração oficial da subestação, a cidade de Santa Maria receberá naquarta e quinta-feira, dias 10 e 11, a caravana ‘Energia em Ação’ da EDP. A ação acontecerá na Praça do Colono, no Centro da cidade, que terá uma tenda montada que levará informação, prestação de serviço e jogos interativos para a população, com distribuição de brindes e atividades. O projeto tem como objetivo orientar o cliente sobre aos diversos serviços oferecidos pela EDP e seus canais de atendimento, conscientizar sobre uso seguro e racional da energia elétrica, além de esclarecer dúvidas e aproximar ainda mais os moradores da empresa.

“Queremos um espaço para que o cliente receba todas as orientações que procura e aproveite nossas atividades lúdicas que, por meio de jogos interativos, transmitirão dicas sobre o uso eficiente e seguro da energia elétrica”, destacou João Brito Martins.