Copel tem lucro de R$ 506 milhões no primeiro trimestre de 2019

Resultado ficou 42,2% acima do registrado no mesmo trimestre de 2018

A Copel terminou o primeiro trimestre de 2019 com lucro líquido de R$ 506 milhões, que é 42,2% acima do que que foi registrado no primeiro trimestre do ano passado. A receita líquida da estatal paranaense cresceu 16,3% no período, ficando em R$ 3,89 bilhões. O Ebitda teve um aumento de 39,3%, chegando ao R$ 1,08 bilhão. Os investimentos de R$ 359,9 milhões mostra que houve uma retração de 46,2%.

De acordo com a empresa, o aumento no Ebitda se deu pelo aumento de 6,8% no volume de energia vendida aos consumidores finais e pelo crescimento de 5,1% no mercado fio da Copel-D, além da redução de 11,6% nos custos com PMSO, excetuando perdas estimadas, provisões e reversões, em função da redução de R$ 105,7 milhões nos custos com pessoal. O mercado fio da Copel-D, formado pelo mercado cativo, suprimento a concessionárias e permissionárias dentro do Paraná e pelos consumidores livres na área de concessão, apresentou crescimento de 5,1% no consumo.

O lucro por ação da Copel também cresceu no trimestre, saindo de R$ 1,27 no trimestre inicial de 2018 para R$ 1,82 neste ano. A Tarifa Média de fornecimento na Copel-D neste primeiro trimestre está em R$ 471,68/ MWh, maior que os R$ 398,80/ MWh do mesmo período do ano passado. A dívida líquida da Copel está em R$ 8,85 bilhões.