Aneel mantém multa a Cosern de R$ 1,1 milhão

Penalidade foi aplicada pelo descumprimento dos indicadores de qualidade

A diretoria da Aneel cancelou advertências aplicadas pela fiscalização à Companhia Energética do Rio Grande do Norte, mas manteve multas no valor total de R$ 1,117 milhão por descumprimento dos indicadores de qualidade. O valor inicial das penalidades, de R$ 1,230 milhão, já havia sido reduzido pela área técnica, após a análise de pedido de reconsideração da distribuidora.

A Aneel manteve determinação para que a empresa corrija irregularidades na coleta e no registro de dados relativos às interrupções no fornecimento de energia. A Cosern também terá de verificar se houve transgressão dos limites individuais de qualidade e pagar as compensações financeiras devidas a seus consumidores. O prazo para que essas determinações sejam cumpridas é de 180 dias.