Reservatórios do Sul sobem mais 2,3% e chegam a 62,6% da capacidade

No SE/CO, elevação do armazenamento ficou em 0,1%, segundo ONS

Os reservatórios da região Sul continuam enchendo rápido em consequência das chuvas. Na última terça-feira, 28 de maio, a elevação do nível de armazenamento ficou em 2,3%, alcançando 62,6% de capacidade, segundo dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico, na comparação com o dia anterior. A energia armazenada chegou a 12.878 MW mês. A energia natural afluente armazenável acumula 127% da média de longo termo. A usina G.B.Munhoz opera com 59,21% da capacidade e Salto Santiago, com 35,43%.

No subsistema Sudeste/Centro-Oeste, o nível de armazenamento dos reservatórios subiu 0,1% para 47,2% da capacidade. A energia armazenada está em 95.895 MW mês e a ENA armazenável em 94% da MLT. A hidrelétrica Furnas trabalha com 51,51% da capacidade e Emborcação, com 41,30%.

Já no Nordeste, os reservatórios não registraram alteração no nível de armazenamento, que permanece em 58,1% da capacidade. A energia armazenada chega a 30.096 MW e a ENA armazenável, em 56% da média. A usina Sobradinho opera com 47,91% da capacidade.

Na região Norte, os reservatórios baixaram 0,1% para 73,5% da capacidade. A energia armazenada fica em 11.059 MW mês e a ENA armazenável está acumulada em 71% da MLT. A hidrelétrica Tucuruí opera com 99,77% da capacidade.