Energia sobe 2,18% e IPCA chega a 0,13% em maio

Habitação teve maior alta entre os grupos, com impacto de 0,98%

A alta de 2,18% em energia fez com que o grupo Habitação, tivesse o maior impacto positivo – de 0,98% – na composição do IPCA de maio e fosse responsável por 0,15 ponto percentual na composição final. O índice no mês variou 0,13% e ficou 0,44 ponto percentual abaixo da taxa de abril, de 0,57%. O acumulado no ano chega a 2,22% e em 12 meses está em 4,66%, abaixo dos 4,94% registrados no mesmo período anterior. Em maio de 2018, a taxa era de 0,40%.