MME apresenta garantias físicas para os projetos do Leilão A-4

Medida contempla duas hidrelétricas no rio Claro (GO), uma no rio Taquari (RS) e outra no Juruena (MT)

O Ministério de Minas e Energia definiu nesta quinta-feira, 13 de junho, os montantes de garantia física de energia para os diferentes tipos de projetos que irão compor o Leilão A-4 deste ano, marcado para 28 de junho.

De acordo com a portaria nº 143 publicada no Diário Oficial da União, o valor para as hidrelétricas Bom Retiro (RS), Eng. Érico Bitencourt de Freitas (GO), Salto Duran (GO) e Juruena (MT) ficaram respectivamente em 20 MW médios, 21 MW médios, 21,3 MW médios e 39 MW médios. Também foram confirmados os montantes de garantia física das usinas termelétricas, PCHs e CGHs, além dos projetos fotovoltaicos e eólicos.

Para efeitos de comercialização, o consumo interno das usinas a partir do início da operação e as perdas na rede deverão ser abatidos desses montantes, observando as Regras de Comercialização de Energia Elétrica vigentes. Mais informações e o quadro completo com os valores de todos projetos podem ser acessados no Portal da Imprensa Nacional, através deste link.