Selo Energia Verde é emitido para mais três comercializadoras

Quantum Energias, Delta Energia e WX Energy obtiveram o reconhecimento no âmbito do Programa de Certificação da Bioeletricidade a partir da cana de açúcar

As comercializadoras de energia elétrica Quantum Energias, Delta Energia e WX Energy obtiveram na última quinta-feira (13), o Selo Energia Verde, emitido pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), no âmbito do Programa de Certificação da Bioeletricidade, em parceria com a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) e apoio da Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (Abraceel). Com as novas entradas, o Programa passa a ter dez comercializadoras detentoras do Selo Energia Verde: Nova Energia, Capitale Energia, Electra Comercializadora, Banco BTG Pactual, Safira Energia, Ecom Energia e Votorantim Energia.

O Selo é concedido gratuitamente a comercializadoras que adquirem energia renovável e sustentável, no caso bioeletricidade produzida a partir da cana-de-açúcar, a partir das diretrizes do Programa de Certificação da Bioeletricidade, criado em 2015 pela associação do setor sucroenergético, como estar adimplente em relação às suas obrigações junto à CCEE, ser associada junto à Abraceel e ter adquirido energia de unidade produtora de bioeletricidade, certificada pelo Programa, em contrato registrado na CCEE correspondente a, no mínimo, 0,3 MW médio/ano e com prazo de validade a partir de seis meses.

De acordo com o Programa, os consumidores livres e especiais atendidos pelas comercializadoras com Selo Energia Verde podem solicitar o Selo sem custo financeiro, desde que também se enquadrem nas diretrizes. Para a Unica, a obtenção do mesmo tende a representar um diferencial competitivo no mercado, tanto para as comercializadoras quanto para as usinas de bioeletricidade certificadas, além de ser uma forma de os consumidores demonstrarem sua preocupação com o consumo responsável e sustentável de energia elétrica no país.