Gustavo Montezano é indicado para a presidência do BNDES

Executivo é atualmente secretário-adjunto da secretaria de Desestatização e Desinvestimento do Ministério da Economia

O Ministério da Economia indicou Gustavo Montezano para presidir o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. O executivo é atualmente secretário-adjunto da secretaria de Desestatização e Desinvestimento do Ministério da Economia. A nomeação passará pela deliberação do conselho de administração do BNDES.

Graduado em engenharia pelo Instituto Militar de Engenharia (IME) e Mestre em Finanças pelo Ibmec, Montezano tem 17 anos de carreira no mercado financeiro. Foi sócio do Banco Pactual, tendo atuado como diretor-executivo da área de commodities em Londres e anteriormente como responsável pela área de crédito, resseguros e “project finance”.

Em nota, o Ministério da Economia agradeceu ainda a Joaquim Levy pela dedicação demonstrada enquanto presidente do BNDES. Levy pediu demissão no último domingo, 16 de junho, após críticas do presidente da República Jair Bolsonaro.