Eletronorte antecipa obras que vão permitir monitoramento remoto de instalações de transmissão

Investimento de R$ 4 milhões vai aumentar a confiabilidade do Sistema Interligado

A Eletronorte antecipou a conclusão de intervenções nas subestações Tucuruí (PA), Imperatriz e Presidente Dutra (MA), Colinas (TO), e Jauru, Samuel e Porto Velho (RO) e em 22 linhas de transmissão para a instalação do Sistema de Medição Sincrofasorial (PMU, na sigla em inglês). O sistema é constituído por dispositivos de medição para captação de ondas elétricas, que permitem o monitoramento remoto em sistemas de energia. O investimento autorizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica foi de R$ 4 milhões.

O PMU vai contribuir para aumentar a confiabilidade e a disponibilidade do Sistema Interligado, ao permitir maior velocidade na tomada de decisões e a transparência na comunicação de dados. Segundo a Eletronorte, a tecnologia reduz os riscos de falhas no Sistema Interligado Nacional ao permitir uma melhor resposta da operação a partir dos dados disponíveis, por meio da analise de parâmetros sistêmicos em tempo real.