EDP Renováveis aumenta produção global em 5% no primeiro semestre do ano

Energia produzida no Brasil cresceu 66%, ficando em 697 GWh

A EDP Renováveis terminou o primeiro semestre deste ano produzindo 16,2 TWh de energia renovável, crescendo 5% na comparação com o mesmo período do ano anterior. A empresa divulgou nesta quarta-feira, 10 de julho, seus resultados operacionais globais. No Brasil ela produziu 697 GWh, tendo um aumento de 66% em relação ao primeiro semestre do ano passado. O Brasil teve o maior aumento já que na Europa a produção subiu 4% e na América do Norte, subiu 2%.

Até junho, a empresa geria uma carteira de 11,8 GW, em que 2,4 GW estão na Espanha e 1,4 GW em Portugal. Na América do Norte, são 5,8 GW, enquanto no Brasil, são 0,5 GW. Ainda segundo a EDPR, nos últimos 12 meses, o portfólio aumentou 720 MW, com 318 MW na América do Norte, dos quais 40 MW consolidados por equity dada a execução da estratégia de Sell‐down no quarto trimestre de 2018 na qual a EDPR vendeu uma participação de 80% no parque Meadow Lake VI e consolidou os restantes 20% em equity, 266 MW na Europa e 137 MW no Brasil.

A empresa terminou o semestre com 1,3 GW de nova capacidade em construção, onde 993 MW são em projetos onshore e outros 330 MW em projetos offshore e flutuantes. O fator de capacidade da empresa no primeiro semestre ficou em 33%, refletindo 96% do P50 . No segundo trimestre, a EDPR alcançou um fator de utilização de 31%, frente a 29% no segundo semestre do ano passado, se beneficiando do maior recurso. eólico.