Energisa vê consumo crescer 3,5% no segundo trimestre de 2019

Desempenho se deve, principalmente, ao aumento do consumo de energia das classes residencial (+4,6%), comercial (+4,0%) e industrial (+2,0%)

O consumo de energia nas áreas de concessão do Grupo Energia, incluindo os mercados cativos e livres, apresentou resultado de 8.816,2 GWh no segundo trimestre do ano, crescimento de 3,5% na comparação com o igual período de 2018. Considerando o fornecimento não faturado, o volume se situa em 8.775,6 GWh, o que significa um aumento de 5,0% na mesma base de comparação.

Segundo a Energisa, o desempenho no trimestre se deve, principalmente, ao aumento do consumo de energia das classes residencial (+4,6%), comercial (+4,0%) e industrial (+2,0%).

Em junho, o consumo consolidado cativo e livre (2.813,5 GWh) cresceu 3,8% em relação ao mesmo mês do ano anterior. De janeiro a junho, o resultado acumulado do Grupo Energisa totaliza 17.841,6 GWh, aumento de 4,0% em relação ao mesmo período do ano anterior. A Energisa controla 11 distribuidoras de energia espalhadas nas quatro regiões do país.