Segunda turbina da PCH Jacaré é aprovada para operação comercial em MG

Deliberação da Aneel abarca unidade de 4,5 MW

A Agência Nacional de Energia Elétrica autorizou a operação comercial de uma turbina de 4,5 MW de potência da pequena central hidrelétrica Jacaré, localizada no município de Dores de Guanhães, Minas Gerais. A usina pertence a Guanhães Energia S.A, uma Sociedade de Propósito Específico (SPE) criada com finalidade de implantar as PCHs Dores de Guanhães, Senhora do Porto, Jacaré e Fortuna II, todas situadas em Minas Gerais e que totalizam 44 MW de Potência Instalada. A empresa tem como acionistas controladores a Light, com 51%, e a Cemig GT, com 49% dos papéis.