Lucro da Enel RJ cresce 15,7% no trimestre e fica em R$ 37,3 milhões

Ganhos da empresa no acumulado dos seis meses do ano ficou em R$ 50 milhões, queda de 10%

A Enel Distribuição Rio, concessionária que atua no interior do Rio de Janeiro, terminou o segundo trimestre do ano com lucro líquido de R$ 37,3 milhões. O valor ficou 15,7% acima do resultado do mesmo período do ano passado. A receita operacional líquida da concessionária teve um recuo de 3,2%, ficando em R$ 1,37 bilhão. O Ebitda, que é o lucro antes de impostos e deduções, chegou a R$ 197,2 milhões, valor 7,2% menor que o do segundo trimestre de 2018. Os investimentos no trimestre chegaram a R$ 156,1 milhões.

No semestre, o lucro de R$ 50 milhões da distribuidora representou uma queda de 10,2% quando comparado aos R$ 55 milhões do primeiro semestre do ano passado. A receita líquida em seis meses aumentou 12,2%, chegando a R$ 2,95 bilhões. Já o Ebitda semestral é de R$ 481,2 milhões, valor 17,3% acima do aferido no mesmo período do ano passado. No semestre, foram investidos R$ 288,7 milhões.

O volume de venda e transporte de energia ficou em 2,27 GWh, volume 0,6% acima do mesmo trimestre de 2018. No semestre, ele está em 6,1 GWh, 2,4% maior que o do primeiro semestre do ano passado. O DEC de 14,88 apresentou melhora de 5,6%, como resultado dos investimentos realizados em automação. Já o FEC de 8,84 vezes aumentou 12,3%. A distribuidora, que atende a 66 cidades no estado, teve um recuo de 2,6% no número de consumidores totais, que está em 2,9 milhões. O número de colaboradores está em 969.

Em nota, Nicola Cotugno, Country Manager da Enel, apontou que a empresa segue comprometida em investir na modernização da rede, por meio da automação da infraestrutura, para melhorar a qualidade do serviço. Para ele, a confiança no plano estratégico e o suporte do acionista controlador continuam sendo os condutores para a melhoria do desempenho financeiro e operacional da concessionária.