Carga de energia cresce 0,4% em junho, aponta ONS

A fraca atividade econômica segue dificultando a recuperação do consumo de energia no país

A carga de energia elétrica do Sistema Interligado Nacional (SIN) apresentou variação positiva de 0,4% em junho, em comparação com o mesmo período de 2018. O SIN registrou carga de 63.796 MW médios, sendo 37.254 MW médios no Sudeste (+0,5%), 10.759 MW médios no Sul (-1,7%), 10.265 MW médios no Nordeste (o,o%) e 5.516 MW médios no Norte (4,1%). A carga de energia elétrica é a soma do consumo e perdas elétricas.

Com relação ao mês de maio/19, verificou-se uma variação negativa de 4,8% em junho. No acumulado dos últimos 12 meses, a carga do SIN apresentou uma variação positiva de 2,4% em relação ao mesmo período anterior, informou o Operador Nacional do Sistema (ONS) em boletim divulgado nesta quarta-feira, 31 de julho.

De acordo com o ONS, fatores fortuitos contribuíram negativamente com a carga em julho deste ano. A fraca atividade econômica também segue dificultando a recuperação do consumo de energia no país. “A percepção sobre a situação atual dos negócios na indústria piorou em junho após dois meses de sinais positivos. Já as expectativas continuaram em queda, sinalizando pouca confiança na possibilidade de uma recuperação expressiva do setor no curtíssimo prazo”, destaca a entidade.